14/09/2020 às 10h10

O reajuste da tabela de preços dos serviços, historicamente, é aplicado no mês de abril, com base no IGPM dos últimos 12 meses. Apesar de aprovada a Resolução que permitia a implantação do reajuste em abril de 2020, a Juceb, ciente das dificuldades enfrentadas pelos empresários durante o período mais crítico do isolamento social, decidiu suspender por 5 (cinco) meses a aplicação do reajuste, evitando onerar as empresas em um momento tão difícil.

Considerando o início da retomada da economia e os impactos negativos na situação fiscal da autarquia, que está a 18 (dezoito) meses sem atualização dos seus preços, a Juceb, na reunião plenária ocorrida em 08/09/20, com a presença de seu corpo de vogais, que representam entidades de classe como CRC/BA, CORECON/BA, OAB/BA, FIEB, Fecomercio, Associação Comercial, etc., decidiu, por unanimidade, retirar a suspensão dos efeitos da Resolução 005/2020 e aplicar o reajuste de 6,82% na sua tabela a partir de 14/09/2020, percentual este referente ao IGPM medido no acumulado de 12 meses (março/19 à fevereiro/20), que utilizou como referência a data de aprovação da resolução retro.

Considerando que o índice acumulado de 12 (doze) meses no mês de agosto mediu 13,02%, a Juceb está aplicando um dos menores índices medidos no ano, impactando o empresário o mínimo possível.

Sigam-nos no Instagram: @JucebBahia